Mensagem de Ano Novo - Presidente de direção da APG

Caro(a)s associado(a)s, Caro(a)s Geógrafo(a)s, 
e a todo(a)s os que se interessam e gostam da Geografia.

 

Num ano particularmente difícil e que exigiu de todos nós uma enorme capacidade de adaptação, quer ao nível pessoal, quer ao nível profissional, a Associação Portuguesa de Geógrafos viu-se igualmente obrigada a adaptar a sua atividade para poder continuar a contribuir para a valorização dos Geógrafos e para aumentar a visibilidade da Geografia.
Com efeito, a atual Direção da APG tomou posse durante a primeira vaga da pandemia, tendo exercido estes primeiros oito meses de mandato, sempre condicionada por esta dura realidade.
Assim, neste contexto apostámos na continuação e reforço da comunicação, através da criação de uma página no Twitter, da regular atualização do sitio eletrónico, da constante dinamização da página de facebook e da difusão regular e atempada da newsletter.
Foram criadas duas novas rúbricas, a “Geoflash” e a “In memoriam”, onde, na primeira, se pretendem divulgar pequenos comentários geográficos sobre um assunto da atualidade e, na segunda, lembrar e homenagear os Geógrafos, já falecidos, que muito contribuíram para o crescimento, consolidação e prestigio da Geografia.
Foi igualmente iniciado um novo espaço de contato entre Geógrafos e divulgação da Geografia, com a criação e dinamização das “Palestras Geográficas”, espaço de debate online, que se pretende aberto a todos os que amam a Geografia.
Continuámos a premiar e incentivar a investigação e o ensino, através da manutenção de todos os prémios existentes, e, em conjunto com a Associação de Professores de Geografia, continuamos a promover as “Olimpíadas da Geografia”.
Em colaboração com o Departamento de Geografia e Turismo da FLUC foram lançadas as bases para a realização, em novembro de 2021, em Coimbra, do XIII Congresso da Geografia Portuguesa.
No final de 2020 a APG lançou um novo desafio aos seus associados e público em geral, um concurso fotográfico intitulado “Olhares Geográficos”, que na sua primeira edição objetivou retratar a atual pandemia, que motivou mudanças drásticas na forma como olhamos o território, como gerimos o espaço e dentre deste a distância, como reaprendemos a desenvolver atividades económicas e lidar com os outros.
A APG continuou a ser um interlocutor regular junto de vários organismos e instituições, podendo nós aqui destacar a participação da nossa Associação no Conselho Consultivo do Sistema de Qualificação de Peritos Competentes em AIA e no Júri do Prémio Nacional da Paisagem, a convite da APAI e da DGT, respetivamente.
Também a nível internacional, o pedido de adesão da APG à EUGEO foi aprovado no dia 30 de novembro, o que veio reforçar a posição da Geografia Portuguesa no contexto das Geografias Europeias.
Apesar do difícil contexto foi ainda possível lançar algumas ações de formação, como são exemplo a sétima edição do “Aprender na Rua” (Oficinas de Geografia) ou a primeira edição das “Conferências da Natureza”, que resultou de uma parceria com a FAPAS.
Continuámos, igualmente, a nossa função de apoio e defesa dos nossos associados e dos Geógrafos em geral, demonstrando a relevância e a utilidade social do conhecimento geográfico.
Fazemos, pois, votos que este nosso esforço em ampliar e reforçar o diálogo entre todos os Geógrafos e promover e dinamizar a APG, tenha contribuído, neste difícil ano de 2020, para que todo(a)s o(a)s Geógrafo(a)s se sintam representados pela sua Associação.
Assim, no final de 2020 e principio de 2021, queríamos deixar uma palavra de esperança, desejando a todos que o novo ano, pouco a pouco, nos permita voltar à normalidade, possibilitando assim o retomar dos afetos e a convivência, em total segurança, com os que nos são mais queridos.

 

Saudações Geográficas,
António Bento Gonçalves