Do Goulinho para o Mundo! Homenagem ao Prof. Doutor Luciano Lourenço

Do Goulinho para o Mundo!

Homenagem ao Prof. Doutor Luciano Lourenço, por Adélia Nunes

Foi em Goulinho, freguesia de Aldeia das Dez, concelho de Oliveira do Hospital que Luciano Fernandes Lourenço nasceu, neste mesmo dia, há 70 anos! Parabéns, Senhor Professor, pelo seu aniversário e que este dia seja memorável! Luciano Lourenço foi convidado para o lugar de Assistente Eventual, além do quadro, da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, no dia 31 de Julho de 1979, data em que concluiu a licenciatura em Geografia, tendo ocupado o lugar a partir do mês de Outubro e empossado em 27 de Novembro desse ano. 
Hoje, 42 anos depois, por imperativos legais ocorre a sua jubilação. Serve, este momento, para fazer um balanço da atividade de docência, do trajeto de investigação e dos cargos exercidos. Permite relembrar pessoas e datas marcantes, estudantes, orientandos, colegas, funcionários, provas académicas, tomadas de posse, mas também pensar o futuro. Esta última lição e a jubilação são, assim, motivos de celebração, pelo longo percurso académico no hoje designado Departamento de Geografia e Turismo e pelo prestígio que alcançou a nível nacional e internacional, abraçando novos domínios de investigação na ciência geográfica, mas também pelos cargos desempenhados, quer no Instituto de Estudos Geográficos e no Departamento de Geografia e Turismo, quer nos diversos órgãos da Faculdade de letras. 
De destacar também outros cargos de gestão desempenhados na Direção da Escola Nacional de Bombeiros e na Coordenação da Agência para Prevenção de Incêndios Florestais. Assume, ainda, a coordenação do NICIF- Núcleo de Investigação Científica de Incêndios Florestais e Preside à Riscos – Associação Portuguesa de Riscos, Prevenção e Segurança.
Reconhecido como um mestre e exemplo para sucessivas gerações, pela função docente e forma dedicada com que sempre procurou envolver todos os que tiveram o privilégio de ter sido seus alunos e que com ele privaram. Recordamos todo o seu saber no domínio da Geografia Física, Riscos e proteção civil e o entusiasmo com que sempre encarou a vida de geógrafo, patente nas explicações detalhadas e rigorosas em contexto de sala de aula ou nas saídas de campo, no estímulo à procura do conhecimento, no incentivo à investigação e à publicação dos resultados.
Homem de Ciência, exigente, rigoroso, metódico, de grande honestidade intelectual e competência, com um enorme espírito de missão, firmeza de convicções, capacidade de trabalho e espírito de liderança a quem a Geografia nacional e a Universidade de Coimbra muito devem. Numa pesquisa breve ao seu curriculum, disponível na plataforma Cienciavitae, contam-se mais de uma centena de artigos publicados em revistas especializadas, 80 capítulos de livros e mais de 50 livros publicados. Organizou mais de uma centena de eventos científico-pedagógicos e proferiu mais de 350 comunicações. Participa, neste momento, como investigador, em 2 projetos e foi investigador responsável em mais de 40 projetos, nacionais e internacionais. Nas suas atividades profissionais interagiu com 300 colaboradores em coautorias de trabalhos científicos.
Com efeito, no decurso da sua longa e ativa carreira académica, o Professor Luciano Lourenço desenvolveu uma intensa atividade de interação e cooperação com instituições, grupos de investigação, nacionais e internacionais, profissionais de diversas áreas de atividade e do conhecimento, sociedade civil, em estreita associação à sua atividade científica e docente.
Na sua visão do que significa ser geógrafo, “um profundo conhecimento e, simultaneamente, um grande respeito pelos territórios, físico e geohumano, bem como pelos patrimónios (natural, edificado, cultural, …) neles existentes, sem os quais tudo aquilo que possamos fazer não terá grande relevância”, Luciano Lourenço foi e, naturalmente, continuará a ser um geógrafo investigador de campo. Sozinho, em grupos de investigação ou com os seus alunos, percorreu o Centro de Portugal, as suas serras e os vales dos seus rios favoritos, numa busca de acrescentar saber ou tão só de mostrar e dar a conhecer os seus territórios de eleição. 
As montanhas de Xisto da Cordilheira Central (e particularmente da Serra do Açor e do vale do Alva) constituíram e constituem terreno de trabalho privilegiado, onde investigou e ensinou, na e para a sua Terra, numa postura de militância ambiental e de compromisso assumido com as suas origens e com as populações suas conterrâneas.
O Prof. Luciano Lourenço é, pois, fonte de inspiração, pelo seu dinamismo, para todos os que sabem que o caminho é longo, mas não desistem, pela cordialidade e capacidade de criar e manter relacionamentos que conseguem ultrapassar a dimensão profissional e se tornam também pessoais. 
Neste momento em que o Doutor Luciano Lourenço passará à condição de professor jubilado da Universidade de Coimbra, queremos deixar bem manifesto o nosso agradecimento, pelo excelente serviço prestado à Geografia portuguesa, ao mesmo tempo que desejamos formular um voto de parabéns e de que esta mudança de condição lhe permita continuar a desenvolver o seu trabalho de investigação. Caro Professor, estimado Colega, prezado amigo votos de muita saúde, continuação de bom trabalho e que os nossos caminhos se continuem a cruzar!

8 de setembro de 2021